Você se autossabota nos estudos?

Compartilhe

Psicóloga Caroline Maria Nunes

Hoje estamos aqui para conversar sobre autossabotagem. Se você nunca ouviu falar sobre autossabotagem, estou aqui para te contar que é todo ato ou pensamento catastrófico que tende a atrapalhar os nossos objetivos. Em resumo, a autossabotagem é quando nós mesmos criamos obstáculos que impedem de concretizarmos aquilo que almejamos, por isso, a autossabotagem nada mais é que pensamentos e comportamentos negativos em relação a si mesmo, tendo a sensação recorrente de não estar preparado. Geralmente, o estudante tende a se subestimar sem nem ao menos tentar e de arriscar. O medo de pensar na hipótese de não conseguir alcançar o resultado esperado, faz com que as vezes deixe de arriscar e deixe de tentar novamente a prova quando reprova na primeira ou segunda tentativa. Além disso, quem se autossabota possui uma tendência maior a procrastinação dos estudos, o que irá ocasionar em prejuízos no rendimento e produtividade.

Por isso, vamos pensar juntos em 5 estratégias de manejo da autossabotagem que irão lhe auxiliar nesse momento:

Encare de frente os seus medos

A grande parte dos obstáculos que temos podem estar relacionados a nossa imaginação, que não indicam necessariamente que irá acontecer. Por isso, busque por apoio especializado para entender a origem desses medos que podem ser paralisantes, tirando de você a vontade de agir e atingir o que você mais deseja.

Organize a sua rotina de estudos

Aproveite esse tempo como uma oportunidade a mais para você organizar os seus estudos, mas sem se cobrar e se exigir demasiadamente, respeitando o seu tempo, entendendo que estamos vivendo um momento diferente de todos os outros, então não se cobre tanto por uma alta performance ou produtividade já que esse é um momento de introspecção e de se perceber de um novo jeito. Por isso, AJUSTE O IDEAL AO REAL. Reflita sobre o que você consegue fazer nesse momento dentro das suas limitações.

Evite distrações

A presença constante de outros estímulos concorrentes no mesmo ambiente pode acabar atrapalhando os seus estudos. É mais difícil ainda focar nos estudos e controlar as possíveis distrações quando a família está presente. Por isso, crie um ambiente que possa ser propício aos seus estudos e evite o uso recorrente de celular e outros meios de distrações.

Tenha um caderno de pequenas metas ou um organizador das tarefas da semana

Organize as suas atividades/tarefas/metas das menores as maiores e tente ser mais flexível consigo mesmo. Valorize o que você já conseguiu realizar e não fique apenas focando no que ainda está faltando. Além disso, aprenda a dividir os seus estudos em partes, lembrando que você não precisa se sobrecarregar e fazer tudo de uma hora para outra, se permita a realizar pequenas pausas e depois retome os estudos novamente. Identifique o que é prioridade e o que não é.

Acredite em você

Pense que você é capaz e alimente pensamentos positivos e não auto sabotadores e catastróficos do tipo “eu não vou passar na prova, eu não vou conseguir”. De tanto afirmar que você não consegue, as vezes vai se convencendo disso e tomando como verdade. Você deve se orgulhar das batalhas internas que vem vencendo e enfrentando. Por isso, valide o quanto você vem se esforçando, se dedicando e se preparando para esse momento, independente do resultado. Lembre-se do caminho que você percorreu e que te fizeram chegar até aqui.

Por fim, realize PSICOTERAPIA!

A psicoterapia é uma alternativa para você lidar com a autossabotagem e para isso, é necessário buscar por apoio especializado de um psicólogo que irá auxiliar você no reconhecimento dos seus recursos internos que lhe auxiliem a lidar com esses conflitos, fortalecendo a sua autoestima e expandindo a autopercepção sobre si.

Gostou dessas dicas? Comente e compartilha com seus amigos estudantes!

Com carinho, da psicóloga Caroline! 💙

Conheça o CEISC

Se você ainda não conhece o CEISC, acesse o nosso site e conheça os preparatórios para a 1ª e 2ª Fases do Exame da OAB, ENEM e vestibulares, Concursos Públicos, Prática Jurídica e Pós-graduação em Direito. 

Por Equipe de Conteúdos CEISC

    Leave Your Comment Here

    Close Bitnami banner
    Bitnami