1ª Fase, OAB

Você não é uma nota!

15/07/2021 Por Equipe de Conteúdos CEISC

Compartilhe

Psicóloga Caroline Maria Nunes

Este texto é dedicado a você que estava ansioso com a 1ª fase do XXXII Exame da OAB e se deparou com a reprovação, sentindo como se estivesse desmoronando com o resultado. 

A vida é feita de apostas que não possuem garantias, já que viver é se debruçar sobre o desconhecido, é enfrentar os medos e ver cada desafio como uma oportunidade de evoluir. 

Ao decorrer da vida, somos ensinados a ter que ganhar. Todo mundo nos conta das vitórias, mas poucas pessoas nos falam sobre os obstáculos apresentados durante o percurso e sobre as frustrações advindas. 

Muitas vezes você já deve ter se pego focando somente no resultado de uma avaliação e entrou em um processo comparativo com o outro. Se ele consegue passar, por que eu não consigo? A questão é que é bem importante se lembrar de alguns fatores nesse momento, começando pela frustração.

Mas como lidar com a frustração?

O resultado de uma avaliação, seja ele negativo ou positivo, não definirá o seu conhecimento sobre determinado conteúdo, até porque tudo aquilo que foi estudado não foi perdido, o conhecimento permanece sempre conosco. É muito importante também se questionar sobre como você encara as avaliações em sua vida e como você as enfrenta.

Eu entendo o quanto nesse momento esteja se sentindo esgotado(a) psiquicamente, chateado(a), não se achando suficiente e capaz, mas é neste momento que ao invés de se autocriticar e auto julgar, lembre-se de que essa prova foi mais uma das tentativas de arriscar e investir em seus sonhos e que ela não é capaz de definir quem você é, o que vem se tornando e o seu conhecimento intelectual. Além disso, conhecimento adquirido nunca é em vão ou perdido, eles continuarão armazenados dentro de você para serem utilizados no seu devido momento. 

A vida, os sonhos e as esperanças hão de continuar. Resgate as suas forças e transforme toda a frustração de um luto em uma luta que continuará recebendo a sua entrega e dedicação. Essa não é a primeira e nem a última avaliação da sua vida, já que viver é se deparar constantemente com situações adversas que nos exigem resiliência e coragem. 

A rota talvez terá que ser reestruturada novamente. Isso significa que terá que percorrer um caminho em que estará ainda mais fortalecido do que antes, afinal, o sonho foi adiado e não cancelado. 

Desejamos que você apenas continue a travessia, e melhor, desfrute dos caminhos incertos que te levam ao encontro do desconhecido. Que você possa se aventurar e encontrar beleza não somente em seus acertos, mas também ao enfrentar batalhas internas que te levam ao encontro da sua própria vulnerabilidade. 

Com carinho, psicóloga Caroline 💙

 

    Leave Your Comment Here

    Close Bitnami banner
    Bitnami