TJ-SP – Concurso está próximo!

Compartilhe

A Fundação Vunesp foi procurada por representantes do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para ser a banca encarregada de organizar o novo concurso público que será realizado pelo órgão.

A informação foi confirmada pelo Superintendente de planejamento da Fundação Vunesp, Henrique Luiz Monteiro, que revelou a previsão para a publicação do edital e para a realização das provas, ambas para o primeiro semestre desse ano.

O número de vagas ainda não foi informado, mas a expectativa é que tenhamos um número expressivo, uma vez que o Tribunal conta com mais de 5 mil cargos vagos. O que sabemos é que as oportunidades do certame serão para o cargo de Escrevente Técnico Judiciário para a Comarca da Capital e para as Circunscrições Judiciárias da 1ª e 4ª Regiões Administrativas Judiciárias.

Requisitos

O concurso é de nível médio. Nesse caso, a exigência para ingressar no cargo é ter ensino médio completo.

 

Especificações do Cargo

Executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça, dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material de expediente, atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

Remuneração

Escrevente Técnico Judiciário de 1º grau
* Inicial: R$4.981,71
* Final: R$5.624,12

Escrevente Técnico Judiciário de 2º grau
* Inicial: R$ 6.273,98
* Final: R$ 6.916,39

 

Lotações

O certame será realizado para as comarcas da capital e da 1ª e 4ª Regiões Administrativas Judiciárias. Sendo assim, as oportunidades serão para a Capital e para alguns municípios do interior de São Paulo.

Último concurso

O último concurso para o Escrevente Judiciário do Tribunal de São Paulo foi realizado em 2017 e organizado pela banca Vunesp. Na época, foram ofertadas 590 vagas para o cargo de nível médio, sendo distribuídas entre as comarcas da 1ª e 4ª Regiões.

Na ocasião, os concorrentes foram avaliados por meio da prova objetiva e da prova prática. A primeira contou com 100 questões de múltipla escolha, dividas por blocos:

  • Bloco I – Língua Portuguesa (eliminatório)
  • Bloco II – Conhecimentos em Direito (eliminatório)
  •  
  • Bloco III – Conhecimentos gerais (atualidades, matemática, informática e raciocínio lógico-matemático) – (classificatório)

 

Já a prova prática, contou com formatação e digitação.

As disciplinas cobradas foram: Língua Portuguesa, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Processual Civil, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Normas da Corregedoria Geral da Justiça, Atualidades, Informática, Matemática, Direito da pessoa com deficiência e Raciocínio Lógico-Matemático.

Conheça o CEISC

E se você ainda não conhece os preparatórios do CEISC para concursos públicos, acesse nosso site e confira! Nossos cursos contam com videoaulas atualizadas, cronograma e planner de estudos, resolução de questões, materiais de apoio e muito mais! 

Por Equipe de Conteúdos CEISC

    Leave Your Comment Here

    Close Bitnami banner
    Bitnami