,

Regulamento para concurso DPE-PI é aprovado e edital se aproxima

Aprovação de regulamento para certame, deve acelerar as tratativas para publicação de um novo edital.

E a novidade para iniciar a semana, em especial para os concurseiros atrás de uma vaga na defensoria pública, vem do Piauí. Tudo porque foi aprovado na última sexta-feira (5), o regulamento geral que traça a elaboração do novo certame para Defensoria Pública do Estado do Piauí (DPE-PI). A aprovação foi ratificada durante a sessão do conselho superior da DPE-PI. O órgão, que ganhou autonomia em 2016, irá realizar o seu primeiro certame para o ingresso de servidores. Atualmente a DPE-PI não conta com um quadro de efetivos.  

Confira a pauta da DPE-PI

Com a aprovação, o novo regulamento do certame para DPE-PI deve ser publicado no Diário Oficial local nos próximos dias. Na sequência, também deve acontecer a escolha da comissão organizadora do órgão, que terá entre diversas atribuições, escolher a empresa que será contratada para ser a banca que irá gerir os trabalhos do certame, como a publicação do edital, a abertura do período de inscrições e a aplicação das provas.

Novo concurso para DPE-PI integra plano estratégico para 2023

A possibilidade de um novo certame entrou na pauta da Defensoria Pública do Estado do Piauí para este ano. Tudo porque a possibilidade de contratação de novos servidores foi incluída no novo plano estratégico divulgado pelo órgão e confirmado em reunião realizada na Assembleia Legislativa piauiense em novembro de 2022, quando o Defensor Público Geral, Erisvaldo Marques, ressaltou a importância da realização de concursos para efetivar servidores do órgão, especialmente na área de Tecnologia da Informação.

Confira o Plano Estratégico DPE-PI:

Organizado pelo Cebraspe, última seleção foi em 2021

Realizado em 2021, o último certame para a DPE-PI ofertou cinco vagas para o cargo de defensor público. A época o concurso foi organizado pelo Cebraspe, e para concorrer as vagas, era necessário possuir curso superior em direito, com experiência mínima de três anos em atividade jurídica e registro na OAB. A remuneração inicial, na ocasião, era de R$ 23.152,30.

Dividido em cinco etapas, o certame aconteceu da seguinte forma:

  • Provas objetivas
  • Provas discursivas;
  • Inscrição definitiva;
  • Prova oral;
  • Análise de títulos.

Confira o edital de 2021:

Por fim, vale ressaltar que ainda não há previsão para iniciar os preparativos para um novo certame, o mesmo vale para o número de cargos e vagas que poderão vir a serem contemplados. Estima-se que nos próximos meses algumas novidades sobre uma nova seleção sejam divulgadas pelo órgão.

Já conhece nossos cursos?

O Ceisc oferece uma vasta gama de cursos que vão te ajudar a conquistar a sua tão sonhada nomeação. Acesse agora o nosso site e confira as condições especiais que estamos oferecendo!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Tags

Posts relacionados

Pular para o conteúdo