,

Ministério Público recomenda novo edital para PM-TO em até três meses

Recomendação abrange a convocação de aprovados excedentes no último certame, que podem ser nomeados nos próximos dias.

Mais um edital para as forças policiais de estado, pode sair em breve. Tudo porque foi publicado no Diário Oficial local, na última terça-feira (16), uma recomendação do Ministério Público para que seja publicado um novo edital, no prazo de três meses, para Polícia Militar do Tocantins (PM-TO). Segundo o documento, o MP local aponta para que sejam ofertadas, no mínimo, 1.575 vagas, com o objetivo de que o déficit atual da corporação seja suprido.

Além da sugestão de um novo certame, o MP-TO também recomenda a convocação e a nomeação de todos os 128 candidatos aprovados que são remanescentes do último certame, realizado em 2020, no prazo de até 45 dias úteis.

Confira a recomendação do MP-TO

Assembleia local enviou pedido de urgência para novo certame em fevereiro

Em sessão ordinária na Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins no último dia 14 de fevereiro, o deputado estadual, Moisemar Marinho apresentou um requerimento em regime de urgência solicitando ao governo estadual a realização do concurso público para as forças policiais.

Segundo o parlamentar é de suma importância fortalecer a segurança pública do Estado, o que se faz necessário abrir 1500 vagas para provimento imediato para suprir o déficit de pessoas na corporação, o que hoje inviabiliza a eficiência dos trabalhos de investigação e inteligência da polícia junto à população, justificou Marinho.

O deputado que é defensor da pauta da segurança pública, é oriundo da Polícia local, e desde a instituição da comissão responsável por adotar as providências necessárias para realização do certame, publicada por meio de portaria em maio de 2021, tem defendido que diversas cidades do Tocantins não contam com a presença de policiais civis, pois não existe efetivo suficiente para atender os 139 municípios, que foi um dos argumentos de Marinho usados na sessão em fevereiro.

Comissão deve definir escolha da banca em breve

Após um atraso na organização dos trabalhos que gerou uma alteração na comissão formada pelo órgão que será responsável pela escolha da banca organizadora do futuro certame, o novo concurso para Polícia Civil do Estado do Tocantins, deve ser mais um que irá ofertar um quantitativo de vagas que deverá atrair muitos concurseiros. Ainda sem um número definido, oportunidades serão distribuídas para os cargos de Agente de Polícia, Agente de Necrotomia, Delegado, Escrivão, Papiloscopista e Peritos, com salários iniciais devem variar entre R$ 6,6 mil a R$ 18,4 mil.

Último concurso aconteceu em 2020

Ofertando mil vagas imediatas para praças, o último edital para PM-TO foi publicado em 2020. Com iniciais que variavam entre R$ 3.330,99 a R$ 4.499,52, o concurso foi prorrogado em 2022, sendo válido até março de 2024.

Escolha uma boa companhia

Ficou claro que estudar, de forma séria e dedicada, envolve planejamento e muita força de vontade. Então, nada melhor do que escolher uma boa companhia para esse momento. Do novato ao mais experiente, o Ceisc está ao seu lado para lhe ajudar, se adaptando às suas necessidades.

Pensando nisso, o novo Carreiras chegou para mostrar o que realmente importa: um guia personalizado para sua rotina, dando para você o controle do seu aprendizado. Acesse já nosso site, e confira mais detalhes sobre o Carreiras Segurança Pública. Esperamos você lá!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Tags

Posts relacionados

Pular para o conteúdo