,

Novo concurso para INSS é prioridade para o Governo Federal

Em reunião que marcou os primeiros 100 dias de governo, Presidente Lula defende novo concurso INSS para zerar a fila de espera.

A última segunda-feira (10) que marcou os cem primeiros dias do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, levou todos os ministros de estado até o Palácio do Planalto para uma reunião de apresentação das ações realizadas e as medidas que devem ser tomadas pelo executivo para os próximos meses.

Entre elas, destaque para a autorização formal para o preenchimento de 814 vagas no Ministério da Ciência e Tecnologia, que representou um marco inicial na retomada dos concursos federais. Ainda assim, o anúncio em parte frustrou os concurseiros que aguardavam por um quantitativo maior de certames federais nesse primeiro momento.

Fala de Lula menciona necessidade de novo concurso para o INSS

Mesmo sem os anúncios esperados, o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em sua fala citou a necessidade da contratação de novos servidores para as áreas do Meio Ambiente, e em especial na Previdencia Social, o que acarretaria um novo concurso para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em breve.

Segundo Lula, um dos seus desejos de gestão é resolver as longas filas de espera para concessão de benefícios pelo INSS. O chefe do executivo lembrou que em suas gestões anteriores, foi capaz de reduzir o tempo para os benefícios. O objetivo de Lula é que isso também seja alcançado em seu governo até 2026.

Postura de Lula é ratificada pelo Ministro da Previdência, Carlos Lupi

Em seu discurso de posse no último dia 3 de janeiro, o Ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, prometeu que pretende zerar a fila de pedidos por benefícios previdenciários que aguardam avaliação no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A autarquia que é será subordinada a esse ministério, atualmente conta com uma longa espera por parte dos brasileiros.

A postura do novo ministro favorece a realização de um novo certame para o INSS já em 2023, foi o que também revelou em dezembro do último ano, quando o Gabinete de Transição Presidencial na época, divulgou o relatório final sobre a situação atual do INSS, em que revelou que, nos últimos anos, a autarquia sofreu diversos prejuízos como a diminuição do quadro de técnicos do seguro social, o fechamento de agências físicas, a precariedade do serviço de teleatendimento, a migração do atendimento presencial para canais remotos, as limitações técnicas do canal digital, entre outros fatores.

O relatório ainda apontou que as medidas adotadas pela União, a partir de 2016, colocam a nova gestão federal diante do desafio de reconstruir a Previdência Social, pois a política adotada nos últimos cinco anos ameaça as conquistas do setor. O ministro Carlos Lupi deve solicitar ao Ministério da Fazendo a autorização para convocar mais 25% dos aprovados no concurso que está em andamento em relação ao número total de vagas, o INSS poderia encaminhar à pasta, ainda neste ano, um pedido para realizar um novo concurso público para técnicos, que apresenta o maior déficit de servidores. Para esse cargo, o INSS concede remuneração de R$5.905,79 e a carga de trabalho é de 40 horas semanais.

Para ministro, mais de 3 mil devem ser chamados este ano

Segundo Lupi, a meta do ministério é para que mais de 3 mil pessoas sejam chamadas ao longo de 2023. Para que isso ocorra, depende da aprovação do Governo Lula, em um pedido a ser feito pelo ministro. Assim, já no mês de abril, após a conclusão do curso de formação para os mil candidatos aprovados nas vagas imediatas, mais 250 novas convocações devem acontecer. O quantitativo corresponde aos 25% permitidos por lei. Após essa etapa, os demais aprovados só serão chamados, caso o Governo Federal aceite o pedido de Lupi.

Concurso INSS teve provas aplicadas no final de 2022

Aplicadas nos dias 27 de novembro em todo o país e 11 de dezembro após uma série de problemas na cidade de Guarulhos na Grande São Paulo, as provas objetivas do concurso INSS foram compostas por 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos. O certame é organizado pelo Cebraspe, que é a banca responsável pela condução dos trabalhos. Atualmente, mil servidores estão na fase do curso se formação para assumirem postos do INSS em todo o Brasil. A expectativa do Ministério da Previdência é publicar em breve um novo edital para o cargo de perícia médica.

Foco na sua nomeação em 2023!

Com uma série de concursos previstos para este ano e a possibilidade de novos concursos para cargos federais, sabia que você pode sair na frente na sua preparação? Conheça os nossos cursos e vamos juntos buscar a sua nomeação!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Tags

Posts relacionados

Pular para o conteúdo