,

Ministro da Justiça sinaliza convocação de excedentes de concurso da PF

Flávio Dino reafirmou intenção de convocar os aprovados excedentes de último concurso para Polícia Federal.

Boas notícias para os aprovados no último concurso da Polícia Federal, que aguardam a tão sonhada nomeação. Em entrevista ao portal Opera Mundi, na última quinta-feira (23), o Ministro da Justiça, Flavio Dino, mais uma vez sinalizou a intenção do novo governo de convocar os aprovados excedentes do último certame, ocorrido em 2021. Segundo o ministro, a convocação precisa do aval do Ministério de Gestão e Planejamento, no entanto, o Ministério da Justiça já está providenciando a prorrogação da validade do concurso para viabilizar o chamamento dos excedentes.

Confira abaixo o trecho da entrevista:

Recentemente, a prorrogação do certame de 2021 da PF foi solicitada pelo deputado federal Antônio Carlos Nicoletti, junto com um pedido para a reestruturação de cargos que foi enviado ao ministro da Justiça e Segurança Pública, e que atende a uma proposta de reajuste salarial.

Em declaração recente, Ministro da Justiça declarou que intenção do Governo Federal aponta para realização de novo concurso

Recentemente, em outra entrevista, desta vez para o portal UOL no último dia 8 de fevereiro, sinalizou a possibilidade de um novo certame para a Polícia Federal em breve, quando ele reiterou a intenção do presidente Lula de fazer novas contratações para a corporação por meio de mais um certame.

No entanto, o ministro deixou claro que a posição do Ministério da Justiça é pela prorrogação da validade do concurso existente, realizado em 2021, e que o presidente Lula já enfatizou que deseja fazer novos concursos para a Polícia Federal para renovar a corporação e auxiliar no combate de crimes ambientais

Último concurso foi realizado em 2021

Realizado em 2021, o último certame para a Polícia Federal foi organizado pelo Cebraspe que foi a banca contratada para comandar os trabalhos. O concurso ofertou 1.500 vagas para as carreiras de Delegado (123 vagas), Agente (893), Escrivão (400) e Papiloscopista (84). A divulgação dos aprovados foi homologada no último dia 16 de setembro, com o prazo de validade do edital sendo valido por seis meses, vencendo em março deste ano. Em caso de prorrogação, o que é um desejo do Ministério da Justiça, o certame ficará vigente até setembro de 2023.

Os candidatos avaliados passaram pelas seguintes fases até a nomeação:

  • Prova objetiva
  • Prova discursiva
  • Exame de aptidão física
  • Prova oral (somente para o cargo de delegado)
  • Avaliação médica
  • Avaliação psicológica
  • Avaliação de títulos (somente para o cargo de delegado)
  • Prova prática de digitação (somente o cargo de escrivão)
  • Investigação social
  • Curso de formação

Por fim, vale ressaltar que a abertura do novo certame ainda não está nos planos para este ano, segundo o governo. Com início de gestão ainda recente, a tendência é que o quadro de novos servidores seja agregado pelos candidatos excedentes do último certame.

Comece a sua preparação agora!

O seu sonho é ser servidor da Polícia Federal? Com a possibilidade de um novo certame que tal sair na frente e começar o quanto antes a sua preparação? Venha conhecer a Metodologia Ceisc com o nosso preparatório para o cargo de Agente Administrativo da PF! Acesse o nosso site e confira!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Tags

Posts relacionados

Pular para o conteúdo