,

Mais aprovados no concurso INSS 2022 devem ser chamados, segundo ministro

Ministro da Previdência Carlos Lupi, indicou a possibilidade de convocar mais excedentes de concurso de 2022.

Aos aprovados no concurso INSS 2022, novas nomeações a vista. É o que aponta o Ministro da Previdência, Carlos Lupi em entrevista ao jornal Em Ponto, do canal Globonews, concedida na última quarta-feira (19). Para que isso ocorra, o ministro informou que aguarda a autorização do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o que pode ocorrer em breve. Confira a entrevista aqui!

Além disso, o ministro informou que também espera pela autorização da Ministra da Gestão e Inovação, Esther Dweck, para convocação de mais 250 aprovados no último concurso INSS para que eles também façam o período de estágio e posteriormente sejam alocados nas agências.

Vale lembrar que, em entrevista coletiva concedida na última terça-feira (18), a ministra indicou uma possibilidade de um novo concurso para o órgão, mas ressaltou que estudos para que ocorra uma nova convocação de excedentes estão em andamento, mas que existe um comprometimento orçamentário a ser seguido.

INSS solicitou autorização para 1,6 mil vagas de nível superior

Um novo concurso para nível superior está no radar do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Após a nomeação de mil aprovados no concurso para técnico do seguro social, o órgão quer nomear mais 250 candidatos que integram o cadastro reserva do certame de 2022.

Mas a novidade para os concurseiros ficou por conta do pedido encaminhado aos ministérios da Previdência Social e da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos para aumentar a lista de nomeados. Além disso, o INSS também pediu que um novo edital seja aberto, desta vez para seleção de analistas, de nível superior. A expectativa é que 1.600 vagas sejam criadas.

Quem confirma as informações é o presidente interino do INSS, Glauco Fonseca Wamburg, em entrevista ao Jornal Extra, no último dia 28 de junho, afirmando que o contrato com a organizadora do concurso prevê a possibilidade de mais candidatos serem convocados, mas o chamamento depende de autorização do Ministério da Gestão e da Inovação. Além disso, o Instituto também encaminhou uma nota técnica à pasta para que todo o cadastro de reserva seja nomeado.

Além disso, o presidente do Instituto também afirmou que uma segunda nota técnica foi enviada aos ministérios da Previdência Social e da Gestão e da Inovação pedindo que um concurso de nível superior seja aberto no órgão, com 1.600 vagas para analistas. Wamburg argumenta que o INSS perdeu mais de 50% dos servidores nos últimos dez anos. O efetivo do órgão é, hoje, de 19.300 profissionais, já incluindo os quase mil recém-empossados.

Mil novos servidores foram nomeados em junho

Publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (15), a portaria com a nomeação dos mil novos servidores que foram aprovados no Concurso INSS 2022. A partir dessa publicação, os novos servidores terão o prazo de até 30 dias para se apresentar para a posse na gerências executivas do INSS escolhida no ato da inscrição no concurso.

Confira a lista de nomeados para o INSS

Concurso INSS 2022 teve resultado homologado

Com provas realizadas no mês de dezembro, o Concurso INSS 2022 ofertou 1.000 vagas imediatas e 2.273 oportunidades para formação de cadastro reserva. Vale lembrar que o resultado final já foi homologado e os 1.000 aprovados iniciais já foram convocados. O certame tem validade de um ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. A administração pública, neste período, poderá convocar os candidatos classificados no cadastro de reserva.

Para ministro da Previdência, mais de 3 mil devem ser chamados este ano

Segundo Lupi, a meta do ministério é para que mais de 3 mil pessoas sejam chamadas ao longo de 2023. Para que isso ocorra, depende da aprovação do Governo Lula, em um pedido a ser feito pelo ministro. Após a conclusão do curso de formação para os mil candidatos aprovados nas vagas imediatas, que aconteceu no mês de abril, mais 250 novas convocações devem acontecer. O quantitativo corresponde aos 25% permitidos por lei. Após essa etapa, os demais aprovados só serão chamados, caso o Governo Federal aceite o pedido de Lupi.

Meta de ministério é zerar a fila de pedidos no INSS

Em seu discurso de posse em 3 de janeiro, o Ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, prometeu que pretende zerar a fila de pedidos por benefícios previdenciários que aguardam avaliação no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A autarquia que é será subordinada a esse ministério, atualmente conta com uma longa espera por parte dos brasileiros.

A postura do novo ministro favorece a realização de novos concursos para o INSS. Vale ressaltar que, nos últimos anos, a autarquia sofreu diversos prejuízos como a diminuição do quadro de técnicos do seguro social, o fechamento de agências físicas, a precariedade do serviço de teleatendimento, a migração do atendimento presencial para canais remotos, as limitações técnicas do canal digital, entre outros fatores.

O relatório realizado ainda na época de transição de governo apontou que as medidas adotadas pela União, a partir de 2016, colocam a nova gestão federal diante do desafio de reconstruir a Previdência Social, pois a política adotada nos últimos cinco anos ameaça as conquistas do setor. O ministro Carlos Lupi deve solicitar ao Ministério da Fazenda a autorização para convocar mais 25% dos aprovados no concurso que está em andamento em relação ao número total de vagas, o INSS poderia encaminhar à pasta, ainda neste ano, um pedido para realizar um novo concurso público para técnicos, que apresenta o maior déficit de servidores. Para esse cargo, o INSS concede remuneração de R$5.905,79 e a carga de trabalho é de 40 horas semanais.

INSS tem pedido para novo certame com 7,5 mil vagas

Encaminhado no último dia 31 de maio, um novo pedido de certame para o órgão foi solicitado junto ao Governo Federal. Segundo à nota técnica, o futuro certame viria com o quantitativo de 7.655 vagas, contemplando os cargos de analista e técnico do seguro social.

A nova solicitação de concurso INSS faz parte de uma série de ações em conjunto com o Governo Federal que tem em seu plano de gestão reduzir o atual déficit de servidores e, consequentemente, impactam nas atividades aos contribuintes. Vale lembrar que, para o certame seja realizado é necessária a autorização do Ministério de Gestão e Inovação em Serviços Públicos.

Confira a nota técnica do INSS:

Novo concurso pode ficar para 2024

Com a convocação dos aprovados excedentes do certame de 2022, a expectativa é que um novo concurso para o INSS aconteça apenas em 2024, que de acordo com o a Fenasps a realização de uma nova seleção é fundamental para que haja o fortalecimento da carreira. Além disso, a realização de novos concursos também está na pauta do Governo Federal que tem como meta zerar a fila de espera por exames e benefícios oriundos do INSS até 2026.

Foco na sua nomeação!

Com uma série de concursos previstos para este ano que ainda está no começo, você pode sair na frente na sua preparação. Conheça os nossos cursos e vamos juntos buscar a sua nomeação!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Tags

Posts relacionados

Pular para o conteúdo