,

Confira os principais concursos para os Tribunais em 2023

Certames de tribunais do Brasil devem mobilizar os concurseiros em 2023.

Entramos na última semana de 2022 alimentando boas perspectivas para o próximo ano que chega. Os últimos dias de mais uma jornada que se encerra, também é o momento de reflexão e planejamento para 2023.  Em especial, para os concurseiros que sonham com a nomeação naquela vaga tão disputada, que não abandonam os seus estudos nem na época em que tiramos para descansar e aproveitar as festas de final de ano.

Foi pensando nestes que ao longo dessa semana que fecha 2022, vamos mostrar alguns dos principais certames previstos para 2023 em tribunais, órgãos públicos, na segurança e as datas previstas para os que sonham com a carteira da OAB.

Depois de um 2022 intenso, o próximo ano promete ser agitado para os candidatos que pretendem concorrer a uma das vagas nos principais tribunais pelo Brasil afora. Segundo o Projeto de Lei Orçamentária Anual para 2023 (PLOA), para o poder judiciário, hoje, são aproximadamente 7.844 vagas disponíveis nos tribunais a serem ocupadas pelos concurseiros que sonham com a carreira jurídica.

Confira o quantitativo de vagas no Judiciário para 2023:

Vagas no Judiciário distribuídas na seguinte forma:

  • Supremo Tribunal Federal – 3 vagas
  • Superior Tribunal de Justiça – 83 vagas
  • Justiça Federal – 1.475 vagas
  • Justiça Militar da União – 1.262 vagas
  • Justiça Eleitoral – 515 vagas
  • Justiça do Trabalho – 3.000 vagas
  • Justiça do Distrito Federal e dos Territórios –1.355 vagas
  • Conselho Nacional de Justiça – 151 vagas

Concursos para o Tribunal de Justiça

Diversos certames estão previstos para os tribunais de justiça do país em 2023, onde alguns deles já contam com a definição de banca e outros ainda se encontram em fase de viabilização, para aplicação de prova no próximo ano.

TJ-MG

Entre alguns dos Tribunais de Justiça do Brasil, destaque para o TJ-MG, que em dezembro levou mais de 100 mil candidatos aos locais de prova em algumas das principais cidades mineiras. Para o próximo ano, o tribunal abre a possibilidade de realizar mais um certame para cargos em nível médio. O edital do novo concurso TJ MG deve ser publicado no primeiro semestre de 2023.

TJ-RS

O tribunal gaúcho, que publicou edital ofertando 28 vagas de nível superior, sendo 24 para o cargo de oficial de justiça estadual, para graduados em Direito, e outras quatro para analista do poder judiciário, na área de Serviço Social, para formados na área com registro no Conselho Regional de Serviço Social, neste ano, já tem comissão formada para novo certame em 2023.

As vagas serão profissionais de Tecnologia em Informação (TI) nos cargos para técnico e analista. O último edital para a área de TI do TJ RS foi publicado em 2021. Na época, foram oferecidas duas vagas imediatas, sendo uma para técnico em Informática. Para o certame, os candidatos deveriam ter o nível médio completo ou equivalente, além de curso de aperfeiçoamento na área de Informática e experiência mínima de um ano na função. A remuneração inicial era de R$4.712,55.

TJ-SP

Para o próximo ano, o Tribunal de Justiça de São Paulo já conta com preparativos em andamento para um novo concurso TJ SP de juiz substituto. A comissão organizadora da seleção já foi aprovada em sessão do Órgão Especial. Ainda não há informações sobre número de vagas, prazos para publicação do edital e aplicação das provas, o que deve ser feito após a confirmação da banca que irá gerir os trabalhos do futuro certame.

TJ-CE

No último dia 16 de dezembro, o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará teve o extrato de contrato confirmando o Cebraspe como banca organizadora do novo certame. A empresa vai ficar responsável por receber as inscrições e aplicar as etapas de seleção.

O anúncio, coloca o edital para o novo concurso do TJ-CE na iminência de ser publicado a qualquer momento.  Ainda segundo o órgão, devem ser oferecidas 50 vagas, para a carreira de técnico judiciário, além da formação de cadastro de reserva. Desse total, 15 serão para a área Administrativa e 35 para o setor Judiciário.

TJ-RN

Em anúncio feito no último dia 21 de dezembro através das redes sociais do órgão, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte definiu a Fundação Getúlio Vargas como a banca organizadora do próximo certame previsto para 2023. Ainda segundo a publicação do tribunal, a FGV deve publicar o edital “nos próximos dias”.

Estima-se que o concurso oferte 917 vagas, sendo 229 imediatas e 688 para a formação de um cadastro de reserva, em cargos dos níveis médio e superior. Os candidatos de nível médio serão avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, enquanto os de nível superior terão uma terceira etapa, sendo ela a análise de títulos.

TJ-AP

Com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) definida como banca organizadora do concurso para área de apoio do Tribunal de Justiça do Amapá (TJ-AP) desde o último dia 25 de outubro, o certame está em fase de finalização de ajustes em relação ao custeio do concurso junto a banca.  A seleção deve ter oferta de 30 vagas para técnicos e analistas judiciários. O quantitativo, a lista de cargos e a estrutura de provas deve ser confirmada com a publicação do novo edital, previsto para os primeiros meses de 2023.

TJ-ES

O Tribunal de Justiça do Espírito Santo anunciou o Cebraspe como banca organizadora que ficará responsável pelo concurso TJ ES para servidores. O extrato de dispensa de licitação que anuncia a banca de Brasília foi publicado no Diário Oficial do próprio tribunal no último dia 15 de dezembro.

Após o anúncio, estima-se que o edital para o TJ-ES seja publicado nos primeiros meses de 2023. Inicialmente, o órgão pretende ofertar cerca de 170 vagas, sendo, dessas 150 seriam para cargos de servidores e 20 na magistratura.

Tribunal Regional do Trabalho

TRT-18

Entre os certames previstos para o Tribunal Regional do Trabalho, destaque para o TRT-18, que publicou o seu edital no último dia 1º de dezembro. Segundo o documento, serão ofertadas 24 vagas imediatas, além da formação de cadastro reserva.

As ofertas de vagas estão distribuídas entre os cargos de Técnico e Analista Judiciário, de níveis médio e superior de formação. A remuneração inicial para os aprovados está entre R$ 7.591,37 a R$ 14.271,70.

As inscrições para o concurso seguem até o próximo dia 4 de janeiro no site da Fundação Carlos Chagas, que é a banca organizadora do certame. As taxas foram definidas de acordo com o grau de escolaridade, variando de R$ 70,00 a R$ 90,00, conforme escolha do candidato.

Foco na sua nomeação em 2023!

Com uma série de concursos previstos para o próximo ano, você pode sair na frente na sua preparação. Conheça os nossos cursos e vamos juntos buscar a sua nomeação!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Tags

Posts relacionados

Pular para o conteúdo