,

Após anulação, prova prática para Oficial do MP-SP é remarcada

Nova data foi publicada no Diário Oficial na última quarta-feira (31). Prova acontece no próximo dia 25 de junho.

Publicado no Diário Oficial de São Paulo na última quarta-feira (31) a nova data para reaplicação da prova prática de digitação para o cargo de Oficial de Promotoria I. A anulação dessa etapa, inicialmente aplicada no último dia 7 de maio, foi confirmada após uma série de problemas relatados pelos candidatos.

Confira a publicação no Diário Oficial:

Agora, segundo divulgado através do Diário Oficial do Estado de São Paulo, a etapa será reaplicada na data provável do dia 25 de junho de 2023, em todas as áreas regionais que abrangem o concurso.

Sobre o caso

Após uma série de manifestações que colocou em xeque uma das etapas para o cargo de Oficial de Promotoria do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP), o órgão definiu pela anulação da prova de digitação realizada para o cargo de Oficial de Promotoria I. A decisão foi publicada em Diário Oficial no último dia 20 de maio.

Entre algumas das alegações dos participantes da avaliação, que consistia numa prova de digitação, realizada no último dia 7 de maio, sob responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV), os candidatos enfrentaram diversos problemas, entre eles, um suposto vazamento do texto antes do início da prova, que era uma avaliação com 2.100 caracteres, diferente dos que constava em edital.

Além disso, alguns computadores para aplicação da prova estariam com acesso à internet, além da possibilidade correção ortográfica automática, o que não seria permitido. Com a anulação, uma nova prova de digitação deverá acontecem em breve, e deverá ser divulgada nos próximos dias.

Concurso atingiu a marca de 48 mil inscritos

Divulgado no último dia 28 de fevereiro, no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a demanda de candidatos por vaga no concurso para o Ministério Público do Estado de São Paulo. De acordo com a FGV, que é a banca responsável pelo certame, foram registradas 48.009 candidaturas, sendo 46.078 para o cargo de Oficial de Promotoria e 1.931 para Analista de Promotoria.

Entre as regiões que apresentaram um quantitativo expressivo de inscrições homologadas, a capital paulista e a Grande São Paulo registraram mais de 21 mil candidaturas para o cargo de Oficial. Para o cargo de Analista, a especialidade mais procurada pelos candidatos foi a de Psicólogo que terá a disputa de 1.043 candidatos para apenas uma vaga ofertada.

Cargos e vagas:

A distribuição de cargos e vagas para o MP-SP segundo o edital:

  • Analista de Promotoria I – Assistente Social – 1 vaga + CR
  • Analista de Promotoria I – Médico Clínico – 1 vaga + CR
  • Analista de Promotoria I – Médico Psiquiatra – 1 vaga + CR
  • Analista de Promotoria I – Médico do Trabalho – 1 vaga imediata + CR
  • Analista de Promotoria I – Psicólogo – 1 vaga + CR
  • Oficial de Promotoria I – Cadastro Reserva

Sobre as provas:

O certame, que será dividido em duas fases, terá para o cargo de Analista a aplicação de uma prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, além de uma avaliação de títulos, apenas de caráter classificatório.

Para os candidatos que irão concorrer aos cargos de oficial, também será aplicada uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, junto com uma prova prática de digitação de caráter classificatório.

As disciplinas e questões que serão cobradas pela banca conforme os cargos ficou assim:

Analista

  • Língua Portuguesa: 10 questões
  • Raciocínio Lógico Matemático: 10 questões
  • Atualidades: 10 questões
  • Noções de Direito: 10 questões
  • Conhecimentos específicos: 30 questões

Oficial

  • Língua Portuguesa: 24 questões
  • Matemática e Raciocínio Lógico: 16 questões
  • Noções de Informática: 8 questões
  • Noções de Direito: 32 questões

Estrutura de prova

Para o cargo de analista a avaliação será constituída de 70 questões em forma de múltipla escolha, com cinco alternativas cada uma, com apenas uma correta. A Prova Objetiva será avaliada na escala de 0 a 70 pontos, valendo 1 (um) ponto cada questão. Será considerado habilitado na prova objetiva, o candidato que obtiver nota igual ou superior a 35 pontos.

Aos candidatos que irão prestar o concurso para oficial, a prova será constituída de 80 questões objetivas, em forma de múltipla escolha, com cinco alternativas cada uma, das quais apenas uma deverá ser assinalada como correta. A prova será avaliada na escala de 0 a 80 pontos, valendo 1 ponto cada questão. Será considerado habilitado, o candidato que obtiver nota igual ou superior a 40 pontos.

Resumindo:

Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP)

Cargos: Oficial e Analista (especialidades)

Vagas: Cinco + Cadastro Reserva

Escolaridade: níveis médio e superior

Salários: de 5.429,56 até R$ 7.326,49

Inscrições: ENCERRADAS

Taxa: de R$ 90,00 a R$ 120,00

Provas: 12 de março de 2023

Banca: Fundação Getúlio Vargas

Sua preparação começa agora!

O Ceisc oferece uma vasta gama de cursos que vão te ajudar a conquistar a sua tão sonhada nomeação. Acesse agora o nosso site e confira as condições especiais que estamos oferecendo!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Tags

Posts relacionados

Pular para o conteúdo