Como evitar a procrastinação?

Compartilhe

Devemos nos preocupar com o nosso lado psicológico também, principalmente neste momento de pandemia. Por isso, lançamos a nossa série de posts sobre saúde mental, com as dicas super importantes da nossa psicóloga Caroline Maria Nunes. Se você estiver interessado neste conteúdo, leia este post até o final e confira as dicas de práticas de cuidado com a saúde psicológica.

A procrastinação nada mais é que o ato de adiar ou prolongar uma tarefa, criando obstáculos ao longo do processo até que ela seja concluída. Quando as tarefas são tão negligenciadas ao ponto de prejudicar, a procrastinação irá gerar ansiedade, estresse e sofrimento. Frente a pandemia, houve um aumento da procrastinação devido ao impacto da mudança de rotina e consequentemente trouxe um acúmulo de tarefas. Além de ter que estudar para a prova, muitos alunos passaram a assumir atividades que até então não eram tão intensas quanto agora (como cuidar dos afazeres domésticos, ficar o dia todo com os filhos, dividir a casa com mais pessoas), existindo uma mistura de todas as atividades e responsabilidades. Essas são tarefas que, em tempos normais, muitas vezes não faziam parte da rotina, gerando o seguinte sentimento: será que eu consigo dar conta? Esse sentimento costuma ser paralisante, fazendo com que o aluno não consiga visualizar saídas.

Geralmente a procrastinação tende a surgir em pessoas que se cobram demasiadamente por um ideal de perfeição e desempenho. Por isso, costumam adiar as tarefas por duvidarem de sua capacidade.

Para evitar a procrastinação, é importante rever as prioridades. Essa reorganização irá demandar uma necessidade em restabelecer uma nova rotina. Por isso, será importante de elencar o que é prioridade e precisa ser feito naquele momento.

Além disso, evite as distrações. Sei que existe a presença constante de outros estímulos concorrentes no mesmo ambiente, se tornando mais difícil de focar nos estudos. No entanto, é importante de criar um espaço propicio a aprendizagem, lembrando que esse deva ser um espaço no qual você se sinta confortável para isso (pode ser o quarto, o pátio de casa, onde você fique sozinho em silêncio, distanciando-se de distrações externas que as vezes se torna mais difícil). Não existe um espaço “ideal”. Deste modo, comece aos poucos com os recursos que você já tem.

Outro fator importante é aprender a dividir em partes suas atividades. Quando se olha o todo, a tendência é aumentar a ansiedade e a procrastinação. Então comece aos poucos, respeitando suas limitações e olhando para o que você consegue dar conta nesse momento!

Espero que essas dicas ajudam a você identificar os gatilhos que estão fazendo você procrastinar nesse momento. Lembrando que não é porque a prova foi adiada que seus estudos também irão ser. Não deixe para depois o que você pode fazer agora. Toda procrastinação requer uma ação e essa ação vem de você. Então faça dentro do seu ritmo e do seu tempo!

Conheça o CEISC

Se você ainda não conhece o CEISC, acesse o nosso site e conheça os preparatórios para a 1ª e 2ª Fases do Exame da OAB, ENEM e vestibulares, Concursos Públicos, Prática Jurídica e Pós-graduação em Direito. 

Por Equipe de Conteúdos CEISC

    Leave Your Comment Here

    Close Bitnami banner
    Bitnami