Estudar apenas pela Lei Seca não vai te fazer passar na OAB

Estudar apenas pela Lei Seca não é o suficiente para passar na OAB. Descubra o que mais é preciso para ter um bom desempenho na prova.
Professora Franciele Kühl

Por:

Franciele Kühl

Você costuma utilizar a Lei Seca como seu principal foco e material de estudos para o Exame de Ordem? Pois saiba que essa é uma prática que, certamente, pode te deixar mais distante da aprovação e, consequentemente, do seu sonho!

Compreenda como isso pode atrapalhar seu entendimento e interpretação de questões no momento da prova, e, além disso, quais erros está cometendo na hora de estudar a Lei Seca.

Todos os oabeiros sabem e é fato que a prova do Exame de Ordem é objetiva e dogmática, ou seja, isso quer dizer que a mesma é constituída com base na norma, em sentindo amplo, e a Lei Seca na sua preparação pode ser fundamental para adquirir conhecimentos necessários para a aprovação.

Mas, isso não quer dizer que ela deve ser o seu principal meio de estudos, muito pelo contrário. Até porque se para alcançar a aprovação na OAB bastasse saber e memorizar a Lei Seca, a FGV não seria reconhecida como a mais temida pelos estudantes por conta do número de reprovações, não é mesmo?

A vilã dos seus estudos

O ano era 1971 quando a primeira prova do Exame de Ordem foi aplicada e até os dias atuais a Lei Seca é usada na elaboração das questões, com o objetivo de seguir as normas do Direito e avaliar o mínimo necessário para o exercício da profissão.

O que a maioria dos estudantes fazem e, você pode estar fazendo também, é seguir um cronograma de estudos baseado apenas na norma. E eu vou te mostrar o porquê de isso estar te deixando mais distante da aprovação.

Com o passar dos anos, a forma como a FGV cobra os conteúdos nas questões está mudando e, juntamente o grau de dificuldade também, para comprovar isso basta analisar questões das primeiras provas aplicadas e comparar com as provas atuais. Com essa mudança é preciso que o estudante de Direito, que almeja a aprovação, esteja muito bem preparado para solucionar casos práticos que a banca traz em cada uma das 80 questões. É preciso buscar algo a mais, por isso sempre ensino aos meus alunos a maneira mais completa e estratégica para alcançar a aprovação de forma descomplicada.

Um estudo completo e eficiente é essencial

A chave da aprovação está em como você está estudando, para ter uma preparação com qualidade é preciso se atentar a vários pontos que te farão adquirir os conhecimentos necessários e compreender como aplicá-los na resolução de situações-problemas que a banca formula. Primeiramente, a leitura da Lei Seca não deve ser realizada de forma isolada, ela deve servir apenas como acessório de estudo juntamente com a aula ou com a leitura do material de apoio, a norma deve ser consultada, se estiver resolvendo uma questão deve comparar a alternativa correta com a Lei. Mas, além disso, a realização dos seguintes passos são necessários para que seu estudo seja realmente proveitoso:

  • Entender a prova e como a FGV cobra os conteúdos nas questões através provas passadas;

  • Estudar o mapeamento dos conteúdos, ou seja, levantamento dos conteúdos que FGV cobra em cada uma das disciplinas;

  • Realizar simulados padrão FGV para testar seus conhecimentos;

  • Ler o material com os conteúdos que a banca costuma cobrar ou que ela pode vir a cobrar;

  • Por último, mas não menos importante: assistir às aulas, pois é através delas que você entende a aplicação das 17 disciplinas em casos práticos.

Pode parecer, em um primeiro momento, muito difícil conseguir dar conta de todo o estudo, porém isso muda conforme você for aprendendo e seguindo um cronograma bem direcionado. Não existe fórmula mágica! Existem métodos, você deve procurar aquele que se encaixa melhor para você. Aqui estou indicando uma combinação que garante o aprendizado: material mapeado + uma aula didática e sintetizada + resolução de questões.

Gostou do conteúdo?

Então comente aqui embaixo se você ficou com qualquer dúvida sobre esse tema ou sua maior dificuldade em estudar para o Exame de Ordem para que possamos sempre produzir o melhor e mais personalizado conteúdo para você.

Profª Franciele Letícia Kühl

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunas Relacionadas

Posts relacionados

Pular para o conteúdo