Concursos

Saúde e Regulação integram os blocos 5 e 6 do CNU!

Dando continuidade a série que apresenta os blocos temáticos do Concurso Nacional Unificado, hoje será a vez dos blocos 5 e 6.

Última atualização em 20/02/2024
Compartilhar:

Dando sequência a apresentação dos blocos temáticos que compõem o Concurso Nacional Unificado (CNU), hoje, será a vez de apresentar os blocos 5 e 6, que contemplam diversas áreas do conhecimento para o CNU. Vale ressaltar que cada conjunto temático reúne oportunidades de áreas afins em diferentes órgãos.

Dividido por oito blocos temáticos de forma estratégica, o CNU procurou representar áreas específicas de atuação no serviço público. Assim, o Blog do Ceisc segue perpassando por todos os blocos que compõem Concurso Nacional Unificado, ajudando aqueles que ainda não definiram por qual caminho a seguir rumo a aprovação.

Vale lembrar que, no ato da inscrição, o candidato puderam escolher o bloco temático desejado e definir os cargos de seu interesse, por ordem de preferência entre cada um deles. Depois, foi preciso definir a preferência entre as especialidades. No entanto, é importante lembrar que, se desejar, o concurseiro pode concorrer a todas as vagas dentro do grupo a sua escolha, desde que tenha a qualificação necessária.

Bloco 5 – Políticas Sociais, Justiça e Saúde (1016 vagas)

Com a oferta de 1016 vagas, o bloco 5 do Concurso Unificado apresenta um quantitativo significativo de vagas a serem ofertadas na seleção. Com o foco em áreas essenciais para o bem-estar da sociedade, o quinto bloco do CNU abrange políticas sociais, justiça e saúde, reunindo oportunidades para profissionais comprometidos com o serviço público. Para esse segmento do concurso, as vagas são para perfis da área de conhecimento e formação em ciências humanas e sociais.

Veja a oferta de vagas para o Bloco 5

Confira o edital do Bloco 5

Bloco 6 – Setores econômicos e regulação (359 vagas)

O bloco 6 do Concurso Unificado concentra oportunidades para áreas relacionadas aos setores econômicos e regulação, oferecendo oportunidades a profissionais com perfis voltados às áreas de ciências sociais aplicadas, como economia, direito, contabilidade e afins. Destaque para órgãos como Advocacia Geral da União (AGU) e o Ministério do Desenvolvimento da Indústria, Comércio e Serviços, que detém o maior quantitativo de vagas neste bloco.

Veja a oferta de vagas para o Bloco 6

Confira o edital do Bloco 6

CNU encerrou inscrições atingindo a marca de 2,6 milhões de inscritos

Com 2,65 milhões de inscritos, o Concurso Público Nacional Unificado encerrou o período de inscrições na última sexta-feira, dia 9 de fevereiro, com um recorde histórico. O modelo inovador de seleção de servidores públicos federais, criado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), oferta 6.640 vagas para 21 órgãos públicos federais.

Pagamento de guia de recolhimento vai até o dia 16 de fevereiro

Do total de pessoas que se inscreveram no concurso, 1,28 milhão ainda não pagaram a Guia de Recolhimento da União (GRU). O prazo final para pagamento da GRU é o mesmo para todos: 16 de fevereiro.

Para os cargos de nível superior, a taxa de inscrição é de R$90, enquanto para o bloco de cargos de nível médio o valor é de R$60. O pagamento da taxa deve ser feito apenas por meio da GRU, que pode ser paga no banco, ou via PIX, com o respectivo QR Code.

Confira o EDITAL na íntegra abaixo

Vagas estão divididas em oito blocos temáticos

Com a oferta de 6,4 mil vagas imediatas, as oportunidades para o Concurso Nacional Unificado estão divididas em oito blocos temáticos onde estão distribuídas da seguinte forma:

CONHEÇA AQUI OS BLOCOS TEMÁTICOS DO CNU

CNU terá reserva de vagas para negros, indígenas e deficientes

Na coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (10), a Ministra da Gestão, Esther Dweck, confirmou que haverá reserva de vagas para pessoas com deficiência, negros e indígenas, esse último exclusivamente para as vagas da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (FUNAI). A porcentagem da reserva de vagas fica distribuída da seguinte forma:

  • 5% para pessoas com deficiência
  • 20% para pessoas negras
  • 30% da FUNAI para indígenas

Fundação Cesgranrio será a banca do concurso unificado

Após dias de expectativa, a manhã do último dia 24 de novembro, foi de confirmação importante para quem já mira o Concurso Nacional Unificado. Tudo porque o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), anunciou em seu portal oficial a escolha pela a Fundação Cesgranrio como banca responsável pelo CNU!

De acordo com o MGI, a opção foi definida ainda no início da semana, mas por conta de trâmites jurídicos houve uma espera para realização do anúncio oficial. O contrato entre as partes foi assinado recentemente e assim publicado na edição do Diário Oficial da União.

Cronograma para o Concurso Nacional Unificado:

Publicação do Edital: 10/1/2024

Inscrições: ENCERRADAS

Divulgação dos dados finais de inscrições: 29/02/2024

Divulgação dos Cartões de Confirmação: 29/04/2024

Aplicação das Provas: 05/05/2024

Divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e redação: 03/06/2024

Divulgação Final dos Resultados: 30/07/2024

Início da Convocação para posse e Cursos de Formação: 05/08/2024

Foco na sua nomeação em 2024!

O edital para o Concurso Nacional Unificado chegou, e sabia que você começar hoje a sua preparação para aquele que será o ‘Enem’ dos concursos? Conheça o nosso preparatório completo para o Concurso Nacional Unificado e vamos juntos buscar a sua nomeação!

00

Fale com a gente

Converse com a equipe de Vendas Ceisc pelo Whatsapp ou então tire suas dúvidas com o Atendimento Ceisc pelo e-mail para atendimento@ceisc.com.br