Concursos

MGI anuncia retificações em dois editais do Concurso Unificado!

Alterações abrangem os editais dos blocos 5 e 7 do CNU. IBGE e Funai foram os órgãos afetados pelas mudanças.

Última atualização em 20/02/2024
Compartilhar:

Novas retificações nos editais dos blocos 5 e 7 do Concurso Nacional Unificado (CNU) foram publicadas pelo Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), nesta sexta-feira (9) no Diário Oficial da União. As alterações são pontuais e referem-se a locais de exercício e formação exigida para atuação na Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) e no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Recomenda-se a leitura do próprio edital de retificação para o entendimento das mudanças.

Confira as retificações no Diário Oficial da União

No edital do bloco 5, que abrange à Funai, foram feitas duas modificações. A primeira altera a especialidade para o cargo de Especialista em Indigenismo. Antes, a especialidade constava como Indigenismo e agora passa a ser qualquer área do conhecimento.

A segunda modificação refere-se ao local de exercício do cargo. Antes a redação estava assim: os candidatos selecionados poderão ser alocados em uma das seguintes cidades do: Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso ou Pará. E agora passa a ser a seguinte: os candidatos selecionados poderão ser alocados em cidades das seguintes Unidades da Federação: Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima ou Tocantins. Foram incluídos os estados de Rondônia, Roraima e Tocantins.  

o edital do bloco 7, referente ao IBGE, sofreu apenas uma modificação no que tange à formação para a especialidade Educação Corporativa e Administração Escolar do cargo de Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas.

Anteriormente a formação exigida era certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em administração, administração pública ou pedagogia. Agora, com a retificação, exige-se como formação certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em administração, administração pública, pedagogia ou licenciatura em qualquer área de formação. Ou seja, houve uma ampliação nesse requisito de ingresso.

As regras previstas nos editais do CNU foram retificadas para evitar ambiguidades, corrigir informações imprecisas e garantir a observância dos princípios constitucionais da isonomia, da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência, eficácia e efetividade na seleção de agentes públicos para ingresso no serviço público. Além disso, busca-se ampliar as oportunidades de participação no concurso, potencializando as chances de seleção de profissionais aptos ao exercício das atribuições.

CNU encerra inscrições nessa sexta-feira (9)!

Para os interessados no CNU o valor da taxa de inscrição será de R$ 60,00 para vagas de nível médio e de R$ 90,00 para cargos de nível superior. Vale ressaltar que estão isentos desse pagamento os candidatos que integram o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) aqueles que cursam ou cursaram faculdade pelo Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) ou pelo Programa Universidade para Todos (ProUni); assim como aqueles que realizaram transplante de medula óssea.

O período de inscrições que iniciou no último dia 19 de janeiro, se encerra nesta sexta-feira, dia 9 de fevereiro. Para se registrar no CNU o candidato deverá acessar sua conta na plataforma Gov.br (serão aceitos todos os níveis – ouro, prata ou bronze). Em seguida, é necessário preencher os formulários e anexar os documentos exigidos no edital. No ato da inscrição, o candidato fará a escolha pela vaga pretendida, que estarão divididas em oito blocos temáticos.

Confira o EDITAL do CNU na íntegra abaixo

Vagas estão divididas em oito blocos temáticos

Com a oferta de 6,4 mil vagas imediatas, as oportunidades para o Concurso Nacional Unificado estão divididas em oito blocos temáticos onde estão distribuídas da seguinte forma:

CONHEÇA AQUI OS BLOCOS TEMÁTICOS DO CNU

CNU terá reserva de vagas para negros, indígenas e deficientes

Na coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (10), a Ministra da Gestão, Esther Dweck, confirmou que haverá reserva de vagas para pessoas com deficiência, negros e indígenas, esse último exclusivamente para as vagas da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (FUNAI). A porcentagem da reserva de vagas fica distribuída da seguinte forma:

  • 5% para pessoas com deficiência
  • 20% para pessoas negras
  • 30% da FUNAI para indígenas

Fundação Cesgranrio será a banca do concurso unificado

Após dias de expectativa, a manhã do último dia 24 de novembro, foi de confirmação importante para quem já mira o Concurso Nacional Unificado. Tudo porque o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), anunciou em seu portal oficial a escolha pela a Fundação Cesgranrio como banca responsável pelo CNU!

De acordo com o MGI, a opção foi definida ainda no início da semana, mas por conta de trâmites jurídicos houve uma espera para realização do anúncio oficial. O contrato entre as partes foi assinado recentemente e assim publicado na edição do Diário Oficial da União.

Cronograma para o Concurso Nacional Unificado:

Publicação do Edital: 10/1/2024

Inscrições: ATÉ 9 DE FEVEREIRO!

Divulgação dos dados finais de inscrições: 29/02/2024

Divulgação dos Cartões de Confirmação: 29/04/2024

Aplicação das Provas: 05/05/2024

Divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e redação: 03/06/2024

Divulgação Final dos Resultados: 30/07/2024

Início da Convocação para posse e Cursos de Formação: 05/08/2024

Foco na sua nomeação em 2024!

O edital para o Concurso Nacional Unificado chegou, e sabia que você começar hoje a sua preparação para aquele que será o ‘Enem’ dos concursos? Conheça o nosso preparatório completo para o Concurso Nacional Unificado e vamos juntos buscar a sua nomeação!

00

Fale com a gente

Converse com a equipe de Vendas Ceisc pelo Whatsapp ou então tire suas dúvidas com o Atendimento Ceisc pelo e-mail para atendimento@ceisc.com.br