Concursos

Concursos para Delegado no Centro-Oeste do Brasil

Confira dicas para o concurso de delegado na região Centro-Oeste do Brasil! Prepare-se com o Ceisc.

Última atualização em 20/02/2024
Compartilhar:

Dando continuidade à série de matérias sobre os concursos para o cargo de Delegado no Brasil - que já passou pelas regiões Sul e Sudeste - chegamos ao Centro-Oeste, conferindo o status dos processos de seleção no Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Distrito Federal

Em fevereiro desse ano, o secretário de Estado de Economia do Distrito Federal, através da Portaria nº 53, autorizou a realização do novo concurso público para Delegado, prevendo o preenchimento de 50 vagas imediatas e a formação de cadastro reserva, contendo 100 candidatos aprovados.

Em contato com a Assessoria de Comunicação da Polícia do DF, nos foi informado que a Divisão de Gestão de Concursos está em processo de elaboração do projeto para contratação da banca, mas que o mesmo ainda não possui data prevista para apresentação.

Como foi o último concurso?

O edital, publicado em dezembro de 2014 e sob responsabilidade da Fundação Universa, selecionou candidatos para o provimento de 100 vagas imediatas e outras 100 para formação de cadastro reserva. Prevendo subsídio de R$ 15.370,64, o mesmo foi dividido em nove fases - que começaram a ser aplicadas em 2015 - sendo elas:

  • Prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos

    Foi composta por 200 questões (um ponto cada) no modelo de marcação Certo (C) ou Errado (E).

  • Prova discursiva de conhecimentos jurídicos

    Avaliou temas ligados às matérias de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Tributário, Direito Civil/Empresarial, Direito Ambiental e Legislações Complementares. Seu valor máximo foi de 30 pontos. Foram selecionados 800 candidatos aprovados na fase anterior para participarem da prova discursiva, e destes, 400 seguiram para as próximas etapas do concurso.

  • Perícia de candidatos com deficiência

  • Exames biométricos e avaliação médica

    Processo foi realizado pela Junta Médica fornecida pela banca responsável, com caráter unicamente eliminatório.

  • Prova de capacidade física (TAF)

    Aqui, o candidato precisava atingir o mínimo de 50% da pontuação máxima para ser aprovado, sendo que cada um teste realizado - entre quatro - valeu 100 pontos. Os testes realizados foram: dinâmico de barra fixa, flexão abdominal, meio sugado e corrida.

  • Sindicância de vida pregressa e investigação social

    Essa fase foi realizada a partir da comissão responsável instituída pela Direção da PCDF, com documentação apresentada via formulário no site da banca.

  • Prova oral

    A prova oral valeu 40 pontos, versando sobre Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal e Direito Processual Penal.

  • Avaliação psicológica

  • Prova de títulos

    Teve valor máximo de cinco pontos, sendo atribuídos dois pontos para Doutorado, 1,5 para Mestrado, 0,5 para Pós-graduação e 0,2 para experiência profissional anterior. Todos pontos puderam receber apenas uma vez sua pontuação, com exceção da experiência profissional anterior, que pode ter incluso até cinco registros - totalizando 1 ponto.

Para conferir detalhes sobre os procedimentos específicos do concurso, como o conteúdo programático completo das provas e as avaliações realizadas durante o teste físico, veja o edital completo aqui.

Goias

O último concurso, realizado em 2018, teve sua validade expirada há 2 anos - visto que seu resultado final foi publicado em 2019, e o mesmo seria válido apenas por no máximo um ano - e já há movimentação para novo certame.

Percebe-se que houve um pequeno número de candidatos que foram aprovados fora da lista de provimento imediato previsto no edital (126, ante 100 das vagas imediatas), e também há previsão de promoções e progressões presentes na LOA 2022 de Goiás.

O andamento do processo instaurado para aprovação pode ser acompanhado por aqui.

Como foi o último concurso?

O certame foi estruturado em nove fases, sendo elas:

  • Prova objetiva;


    Teve como primeira parte a prova de conhecimentos básicos, com Direito Penal (15), Direito Processual Penal (15), Legislação Penal e Processual Penal Extravagante (15) e Direito Constitucional (15). Já a segunda foi estruturada com Criminologia (5), Direito Administrativo (5), Direito Civil e Empresarial (5), Direito Eleitoral (5), Medicina Legal (5), Direito Tributário (5), Direito Ambiental (5); e Legislação Estadual e Realidade étnica, social, histórica, geográfica, cultural, política e econômica de Goiás e do Brasil (5), num total de 100 pontos.

  • Prova discursiva;

    Foi dividida entre três grupos, sendo o primeiro com Direito Penal e Processual Penal (sete questões); o segundo com Legislação Penal e Processual Penal Extravagante-revisada (sete questões); e Direito Constitucional (seis questões), totalizando 200 pontos.

  • Avaliação física (exclusiva para candidatos com deficiência física);

  • Avaliação médica;

  • Avaliação de aptidão física;

  • Exame psicotécnico;

  • Avaliação de vida pregressa e atual;

  • Curso de formação profissional;

  • Avaliação de títulos.

Você pode conferir o edital completo abaixo.

Mato Grosso

Publicado em março de 2017, o último edital previa a seleção de candidatos para cadastro reserva. Consultamos a assessoria da Polícia Civil de Mato Grosso, e nos foi informado que não há, até o momento, previsão de um novo certame para o cargo, e que a Academia está com uma turma abastecida pelo edital ainda em vigor.

Como foi o último concurso?

A seleção de Delegados de 2017 foi estruturada em seis fases, sendo elas:

  • Fase com provas escritas (objetiva e discursiva);

    A prova objetiva (P1) contou com 30 questões referentes a conhecimentos gerais; a de conhecimentos específicos (P2) foi realizada a partir de 50 questões. Por fim, a dissertativa (P3) cobrou as áreas de Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal e Legislação Complementar, a partir de cinco questões.
  • Prova oral e de títulos;

    Na fase seguinte, a prova P4 (oral) foi embasada nas mesmas áreas contidas em P3. Já a prova de títulos contou com a pontuação máxima de 20,45 pontos, variando entre doutorado, mestrado, especialização, e exercício em cargo de carreira policial ou como bacharel em Direito.

  • Exame de saúde;
  • Teste de aptidão física;
  • Avaliação psicológica; e
  • Investigação social.

Você pode conferir o edital completo abaixo.

Mato Grosso do Sul

Há no Estado um concurso em andamento para a função, com edital publicado em novembro de 2021. De acordo com o mesmo, estão sendo selecionados 30 Delegados de Polícia, chamados para se apresentar à matrícula no Curso de Formação Profissional. As etapas do certame podem ser consultadas aqui.

00

Fale com a gente

Converse com a equipe de Vendas Ceisc pelo Whatsapp ou então tire suas dúvidas com o Atendimento Ceisc pelo e-mail para atendimento@ceisc.com.br