Concursos

Aditivo contratual entre Cebraspe e INSS deve convocar mais excedentes!

Termo assinado entre INSS e Cebraspe deve viabilizar a convocação de aprovados excedentes no concurso de 2022.

Última atualização em 20/02/2024
Compartilhar:

Informação importante para os concurseiros a espera de um novo edital para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Foi publicado no Diário Oficial na edição desta quarta-feira (6) a assinatura de um termo aditivo no contrato entre o INSS e o Cebraspe, que tem por finalidade uma alteração quantitativa do objeto contratado.

Em termos gerais, trata-se da possibilidade de acréscimo ao valor do contrato, o que pode abrir a possibilidade de que mais excedente aprovados no concurso realizado em 2022, sejam convocados. Vale lembrar que no mês de setembro novos chamamentos foram aprovados pelo Ministério da Gestão (MGI).

Confira o termo aditivo

Em entrevista, Ministro da Previdência confirmou novo concurso para 2024

Para aqueles que estão a espera de um novo concurso para o INSS, já podem começar a se preparar, porque 2024 será o ano de mais um certame. Foi o que confirmou o Ministro da Previdência, Carlos Lupi na manhã do último dia 22 de novembro em entrevista ao programa 'Bom dia, Ministro' pelo canal oficial do Governo Federal.

Confira a entrevista na integra

https://www.youtube.com/watch?v=Gwxkr5lFbCE

De acordo com o ministro, a previsão é de que a seleção ofereça entre 650 e 660 vagas para o cargo de perito médico, sendo aplicada até o mês de junho do próximo ano. Sendo estas oportunidades destinadas ao provimento de vagas para cidades distantes das capitais, como uma medida para superar o déficit de servidores do INSS pelo Brasil.

Recentemente, numa audiência pública no Senado Federal, realizada no mês de outubro, Lupi já havia comentado sobre a possibilidade de adoção do tempo mínimo de permanência para os aprovados nos concursos do INSS.

Além disso, estiveram na pauta da entrevista, as medidas para diminuir as filas do INSS e a redução dos tetos de juros dos consignados para beneficiários de auxílios previdenciários.

Meta de ministério é zerar a fila de pedidos no INSS

Em seu discurso de posse em 3 de janeiro, o Ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, prometeu que pretende zerar a fila de pedidos por benefícios previdenciários que aguardam avaliação no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A autarquia que é será subordinada a esse ministério, atualmente conta com uma longa espera por parte dos brasileiros.

A postura do novo ministro favorece a realização de novos concursos para o INSS. Vale ressaltar que, nos últimos anos, a autarquia sofreu diversos prejuízos como a diminuição do quadro de técnicos do seguro social, o fechamento de agências físicas, a precariedade do serviço de teleatendimento, a migração do atendimento presencial para canais remotos, as limitações técnicas do canal digital, entre outros fatores.

O relatório realizado ainda na época de transição de governo apontou que as medidas adotadas pela União, a partir de 2016, colocam a nova gestão federal diante do desafio de reconstruir a Previdência Social, pois a política adotada nos últimos cinco anos ameaça as conquistas do setor. O ministro Carlos Lupi deve solicitar ao Ministério da Fazenda a autorização para convocar mais 25% dos aprovados no concurso que está em andamento em relação ao número total de vagas, o INSS poderia encaminhar à pasta, ainda neste ano, um pedido para realizar um novo concurso público para técnicos, que apresenta o maior déficit de servidores. Para esse cargo, o INSS concede remuneração de R$5.905,79 e a carga de trabalho é de 40 horas semanais.

INSS tem pedido para novo certame com 7,5 mil vagas

Encaminhado no último dia 31 de maio, um novo pedido de certame para o órgão foi solicitado junto ao Governo Federal. Segundo à nota técnica, o futuro certame viria com o quantitativo de 7.655 vagas, contemplando os cargos de analista e técnico do seguro social.

A nova solicitação de concurso INSS faz parte de uma série de ações em conjunto com o Governo Federal que tem em seu plano de gestão reduzir o atual déficit de servidores e, consequentemente, impactam nas atividades aos contribuintes. Vale lembrar que, para o certame seja realizado é necessária a autorização do Ministério de Gestão e Inovação em Serviços Públicos.

Foco na sua nomeação em 2024!

Com uma série de concursos federais previstos para o próximo ano, sabia que você pode sair na frente com a sua preparação para um dos certames mais aguardados 2024? Conheça o nosso preparatório completo para o Concurso INSS e vamos juntos buscar a sua nomeação!

00

Fale com a gente

Converse com a equipe de Vendas Ceisc pelo Whatsapp ou então tire suas dúvidas com o Atendimento Ceisc pelo e-mail para atendimento@ceisc.com.br